Supporting the Policy Environment for Economic Development
SPEED+

Semana de comemoração do dia mundial do pangolim: Moçambique focado na protecção do mamífero

O Governo de Moçambique através da Administração Nacional das Áreas de Conservação, ANAC, realiza de 10 a 16 de Fevereiro diversas actividades para marcar as comemorações do dia mundial do pangolim que se assinala internacionalmente no terceiro sábado de do mês de Fevereiro, sendo neste ano no dia 15 de Fevereiro.

As actividades que decorrem com apoio dos parceiros nomeadamente, USAID, através do Projecto SPEED+, WWF, BIOFUND, NATURA, WildAid, WCS e o Parque Nacional da Gorongosa, contemplam palestras em duas escolas primárias da cidade de Maputo, exposições  fotográfica sobre o pangolim, projecção de filme, para além de debates promovidos com o propósito de consciencializar a sociedade sobre a necessidade urgente de proteger aquele mamífero que é, de acordo com a União Mundial da Natureza, o mais traficado no mundo.

Falando no evento de lançamento das comemorações, o Director-Geral da ANAC, Mateus Mutemba, revelou que 31 casos de tráfico frustrados de pangolins foram registados em todo o país durante o ano passado, tendo como destino o mercado negro asiático. Face ao cenário crescente de casos, Mateus Mutemba, reafirmou o comprometimento do Governo de Moçambique na protecção dos animais incluindo o pangolim, facto que se traduz, entre outras actividades, na melhoria do quadro legal e controle da exploração ilegal dos recursos faunísticos.

Alinhando no mesmo diapasão, Director dos Serviços de Protecção e Fiscalização da ANAC, Lopes Perreira, revelou que nos últimos 16 anos registou-se aumento significativo de casos de tráfico de pangolim, sendo que 2019 foi o pior ano do tráfico do mamífero, onde de Fevereiro a Julho, 48.9 toneladas de pangolim foram confiscados pelas autoridades.

Sensibilizado com estes crescentes números, o Parque Nacional de Gorongosa, PNG, criou o Centro de Reabilitação do Pangolim que visa cuidar de pangolins resgatados em operações contra o tráfico de animais. António Tonecas veterinário afecto ao Parque Nacional da Gorongosa revelou que 31 pangolins foram recuperados e reinseridos no seu habitat natural.

Nesta perspectiva, a Directora Nacional da USAID, Jennifer Adams, garantiu que o povo americano continua comprometido na luta contra o tráfico de animais, incluindo o pangolim africano. Em virtude desse compromisso, a USAID trabalha com o Governo na elaboração de diferentes instrumentos legais visando capacitar os procuradores, juízes e fiscais, de conhecimentos técnicos sobre o procedimento em casos de tráfico de animais.

 PEÇA TEATRAL SOBRE PANGOLIM ENGAJA ALUNOS NA PROTECÇÃO DA ESPÉCIE

No seguimento das actividades de consciencialização da sociedade sobre o pangolim, o grupo Mutumbela Gugu apresentou uma peça teatral que versa sobre a importância do pangolim no ecossistema e que insta a população a denunciar rapidamente casos de transporte, caça e comercialização do mamífero.

Os alunos da Escola Primária Eduardo Mondlane, arredores da Cidade de Maputo, mostraram-se entusiasmados com a peça bem como com as palestras que tiveram lugar naquela instituição de ensino.

“Foi uma forma diferente e criativa de ensinar-nos sobre a importância do pangolim”, confessou António Pinto, aluno da sétima classe naquela escola.

Por sua vez, a aluna Márcia Moisés, que revelou nunca antes ter ouvido falar e ver o pangolim, enalteceu a iniciativa.

“Aprendi que temos de denunciar na esquadra sempre que vermos alguém traficando o pangolim”, disse a aluna de sexta classe.

Refira-se que está patente de 13 a 16 desta semana no Baia e City Mall, na cidade de Maputo, uma exposição fotográfica que retrata sobre o pangolim. Outra exposição fotográfica estará patente no City Mall na zona baixa da Cidade.